quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Brasileiro vence concurso com imagem de tamanduá e cupins bioluminescentes

Categoria 'Animais em seus ambientes' do 'Wildlife Photographer of the Year'

O fotógrafo brasileiro Marcio Cabral foi um dos vencedores da edição 2017 do “Wildlife Photographer of the Year”, um dos principais concursos internacionais de fotografia de natureza, com a foto de um tamanduá-bandeira devorando cupins bioluminescentes durante a noite no Parque Nacional das Emas (GO). O anúncio ocorreu na noite da terça-feira, dia 18, no Museu de História Natural de Londres, organizador da competição.
O registro foi batizado de “The Night Raider”. A categoria em que ele venceu foi “Animais em seus ambientes”.
De acordo com a descrição da imagem divulgada pelo site do concurso, Cabral passou três anos visitando o parque à espera das condições adequadas para fazer a foto. Depois de dias de chuva, um tamanduá atacou o cupinzeiro por tempo suficiente para que o fotógrafo fizesse uma única imagem de longa exposição.
Cabral, que é formado em geografia, começou a fotografar profissionalmente há 20 anos. O trabalho dele já foi publicado em várias revistas de turismo e livros. Ele também realiza workshops e organiza expedições fotográficas no Brasil e em países vizinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário